18704149274_f09cd23366_z

EFEITOS DA MISSÃO

Será que as empresas estão conseguindo medir os efeitos reais da elaboração e prática da missão e visão?

Para as grandes empresas os efeitos certamente serão mais demorados, mas nas pequenas e micro empresas o efeito é muito rápido. Nos últimos meses percebi fatos interessantes acontecendo com os parceiros da consultoria e “coaching” que elaboraram e pragmatizaram suas missões.

Naturalmente as empresas que se empenharam em definir a missão e alinharam os produtos e serviços estão começando a obter resultados muito interessantes, em relação a melhora do ambiente interno e externo, bem como e principalmente nos resultados operacionais, melhorando a qualidade e produtividade.

Presto consultoria para uma escola de definiu na elaboração de sua Missão que o principal é fazer a felicidade dos colaboradores (professores e funcionários) em primeiro lugar e posteriormente os parceiros(os pais). Com isso mudou o relacionamento com os parceiros não só na nomenclatura (de clientes para parceiros) passando a sentir profunda gratidão por eles, pois, graças à sua contribuição mensal a escola existe e permite a empregabilidade dos professores e funcionários, fora outros benefícios indiretos para a sociedade.

Com essa prática foi extinto o departamento de cobrança e o departamento jurídico que mantinham sob controle a inadimplência, e foi substituído por relacionamento e atendimento aos pais, com o objetivo de procurar todas as razões possíveis para fazer os pais felizes.

Hoje a política da escola é a de fazer todo o possível, para cumprir verdadeiramente a missão para que os pais se sintam como parceiros ao ponto de privilegiarem as mensalidades da escola como as mais importantes do seu orçamento familiar.

Como efeito de todas as práticas, aumentaram significativamente as matrículas de novos alunos crescendo nos dois anos seguidos num índice acima da média das escolas particulares. Não sofreram quase nada com a crise, ao contrário apresentaram um crescimento muito interessante, fruto da fidelização de colaboradores e parceiros.

Acompanhei a experiência de uma representante comercial que definiu a sua missão de fazer os parceiros felizes (mudando o tratamento de clientes para parceiros) e levar com ética todo o desenvolvimento do trabalho principalmente em relação ao fisco. É interessante, pois, quando comecei a orientação ela trabalhava normalmente com produtos sem nota ou com meia nota, a mando da própria empresa pois era de praxe no mercado.

Ela mudou sua postura e acabou incentivando os parceiros a adquirirem os produtos com notas, foi uma dificuldade muito grande, e gradativamente alguns parceiros começaram a aceitar e nesse ínterim acabou mudando de representada que passou a aceitar vendas com nota cheia. Depois surgiu um outro problemas , os hábitos ainda de alguns parceiros que exigiam pelo menos meia nota, mas gradativamente estes foram substituídos por novos parceiros com uma nova forma de pensar e agir.

A seguir acabou mudando para a terceira representada que agia na plenitude da lei, ficando mais fácil implantar o seu projeto da legalidade. Com essa postura, acabaram sendo substituídos os parceiros naturalmente. Hoje todas as empresas que ela representa atuam dentro da lei.

Mais um fato interessante aconteceu nesse período, embora sendo uma nova representante em pouco tempo começou a alcançar um alto faturamento e assim se posicionar bem no ranking dos representantes obtendo uma colocação muito interessante

Atualmente ela vive feliz, sentindo que está cumprindo a missão e principalmente podendo retribuir a confiança nela depositada pelos seus parceiros e fornecedores.

Podemos concluir que quando conseguimos cumprir a missão tudo tende a dar certo.

Existem outras experiências, mas as que foram apresentadas aqui demonstram que o efeito da Missão existe e, em muitos casos o resultado é imediato sem se levar em consideração a sua grandeza.

Existem casos de empresas que em função da missão tem atraído parceiros com o mesmo pensamento e desejo e alguns quando tomam conhecimento da missão se emocionam até às lagrimas. Acredito que muitas pessoas estão em busca de empresas que tem essa postura, e quando a encontram a felicidade é muito grande.

Será que você está conseguindo comprovar os efeitos da prática da Missão, percebendo nas empresas e no seu ambiente de felicidade?

1 responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *