[PESO IDEAL] – OBESIDADE SOB CONTROLE E A BUSCA DO EQUILÍBRIO DO PESO

Na matéria anterior, através da reflexão sobre como e em quanto tempo as pessoas alcançam determinado sobrepeso, concluímos que se cuidarmos da saúde diariamente sem querer diminuir bruscamente o peso, chegarão ao objetivo determinado trilhando caminho de volta. Adquirindo autoconfiança e a esperança de conseguir atingir o seu objetivo ao longo do tempo. Um processo que será consolidando dia a dia, mês a mês… Alcançando a meta definida, certamente chegará lá bem antes do que imagina.

Com essa postura conseguiremos transformar o pessimismo em otimismo, vislumbrando o caminho a seguir sem sacrifício e em direção ao peso ideal, sem se preocupar com o resultado a curto prazo.
Naturalmente enfrentarão diversas dificuldades, desânimos e incertezas mas o que valerá é a persistência, desenvolvendo esse novo estilo de vida mais saudável, com sonen (pensamento) grande, forte e constante. O mais importante em qualquer projeto/plano é o resultado a ser alcançado.

Nesse caso o objetivo é alcançar o peso ideal para se sentir mais saudável e feliz. Para isso vamos, em primeiro lugar, atingir níveis como:

  1. Adquirir a confiança de que você tem condição para chegar lá.
  2. Que seja de maneira prazerosa.
  3. Com a esperança de que praticando no dia a dia alcançará o objetivo.
  4. De que no término das orientações consiga dar sequência a essa nova forma de viver através do exercício, sem dependência e sem correr o risco de voltar a ganhar peso.

Daqui para frente levaremos o projeto em forma de parceria. Esta é a nova postura da era do dia para obtermos o melhor resultado contando com a participação espontânea dos participantes. Como se fosse o novo livre arbítrio, totalmente concorde com as orientações e sugestões apresentadas.

Por exemplo, como pensar e agir para o bem do outro, isto é, a minha missão é sugerir a prática e auxiliar na realização da mesma. Como sem as práticas não acontecerão os resultados almejados, vamos privilegiá-las!

Seguindo essa linha de parceria colocaremos ordem no campo da espiritualidade para que tudo esteja alinhado para acontecer no tempo certo e de maneira natural. A primeira parceria e mais importante é com Deus; A segunda com os nossos antepassados, principalmente o espírito guardião; E, finalmente, a terceira parceira é a nossa. Temos a missão de ajudar a cada um nas tarefas passadas e nas práticas realizadas.

Como irá funcionar?
O objetivo comum de todos os envolvidos é alcançar a verdadeira saúde para poder ser útil aos outros.
Antigamente, quando eu cobrava as tarefas, era um festival de justificativas negativas. Isto é, não tinha razão para praticar então o espírito secundário ficava feliz detonando o grande objetivo.
Agora, no mundo da era do dia (verdade, transparência e ordem), todas essas práticas da forma que não estavam evoluindo não levarão a lugar nenhum. O resultado será extraordinário se utilizarmos, além das nossas forças, a grande força de Deus (que é onipresente, onisciente e onipotente).

Força do Homem: fh = x
Força de Deus: FD = xn

fh + FD = x + xn

Acontecerá o milagre e tudo poderá se concretizar.

Na parceria com Deus, Ele sempre faz a parte Dele que normalmente é a metade e cabe ao homem realizar a outra metade que corresponde à sua missão e assim se atinge meta desejada.

A materialização acontecerá de acordo com o empenho, esforço e tamanho da nossa atuação.

Portanto, com essa parceria será possível alcançar o objetivo definido, desde que façamos a nossa parte. Para isso basta se esforçar para SER ÚTIL A DEUS E AO PRÓXIMO.

Se esforçar para receber obrigado das pessoas através de atitudes que as façam felizes, estar sempre alinhado à vontade de Deus procurando praticar os valores (10 mandamentos, 7 virtudes capitais).

No final, conseguindo realizar as práticas e seguindo com o foco em direção ao objetivo, certamente de maneira natural será alcançado o grande milagre: o Peso ideal – equilibrado – que nos trará a felicidade tão almejada.

1 responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *