[PESO IDEAL] – DE POUQUINHO EM POUQUINHO TAMBÉM É POSSÍVEL ATINGIR O PESO IDEAL

Como ficou combinado, a partir de agora, nossa relação é de parceria, a minha missão é servir. Colaborando para que consigam colocar em prática as tarefas sugeridas.

É uma relação que passa a ser importante como prática da era do dia, isto é, não forçar, mas despertar na pessoa o desejo de praticar espontaneamente e de maneira prazerosa. Nesta condição poderá contar com as células saudáveis que ganharão mais força para poder ajudar as células gordurosas.

O mais importante é a conscientização de que é possível conseguir o reequilíbrio do peso ideal. Depende exclusivamente de cada um e de um tempo mínimo necessário para alcançar o objetivo.

“O tempo é a solução para quase tudo em nossa vida”. (Mokiti Okada –  Com o tempo nem Deus pode).

Efetuando o cálculo do aumento do peso em determinado período (anos) poderemos concluir que em uma média anual o aumento foi baixo, a soma da quantidade de anos que ocasiona o numero alto e muitas vezes desesperador.

Por exemplo: Uma pessoa que ganhou 30 quilos em 15 anos. Ela teve um aumento anual de 2 quilos e mensal de 0,166 quilos. Será que em um mês ela não consegue perder 0,166 quilos? É totalmente possível e, inclusive, poderá alcançar um índice ainda melhor.

O importante é compreender,  aceitar e partir em busca de um resultado totalmente viável de maneira prazerosa.

No curso presencial que realizo percebi um fato interessante. Após duas semanas da decisão de cada um, todos foram pesados esta semana e apresentaram os seguintes resultados:

Grupo 1: Duas pessoas mantiveram o mesmo peso

Grupo 2: Ganharam peso

Uma ganhou  0,700 kg(meta era perder 0,200 kg) e a outra 0,500 kg(meta era perder 0.066kg);

Grupo 3: Perderam peso. Uma pessoa perdeu 1 kg (meta definida de 0,500 kg) e a outro 0,400 kg.(meta definida de 2,5 kg no mês).

Normalmente, num grupo, estatisticamente acontece:

  • 1/3 não entende direito e não consegue praticar adequadamente
  • 1/3 não entende nada
  • 1/3 entende e consegue praticar corretamente.

Resultados totalmente dentro da previsão, pois, passaram-se duas semanas. Esperamos melhorar esse índice com o decorrer dos encontros.

No geral os participantes estão melhores, mais animados e empenhados em alcançar os objetivos.

Existem vários adágios populares que demonstram que é possível praticar e alcançar os objetivos definidos com paciência e persistência, um deles, diz o seguinte:

“De grão em grão a galinha enche o papo”.

Nesta mesma aula, exemplifiquei com um barbante de palha. Cortei em pedaços idênticos e distribui um pedaço para cada participante. Solicitei que, do jeito que estava, tentassem arrebentar. Todos tentaram e não conseguiram.

Perguntei então, qual era a forma mais adequada para conseguir cortar o barbante ao meio sem precisar de objetos cortantes. Pensativos, responderam que o mais adequado seria cortá-lo fio a fio e assim o fizeram.  Demorou certo tempo, mas conseguiram!

Através desta prática concluímos que podemos chegar onde queremos e conquistar nossos objetivos, desfiando e arrebentando cada fio no tempo que for necessário para arrebentarmos a corda.

Criar a intenção de alcançar o objetivo.

Agora definir a intenção do objetivo semanal, mensal… De maneira clara e exata, desapegar e deixar nas mãos de Deus.

Esta é uma decisão interior. Procurar fazer as práticas com alegria, felicidade e gratidão, isto é, de maneira que a mudança seja de dentro para fora.

O importante é iniciar ainda hoje, assim o tempo da chegada estará se aproximando dia a dia.

Para atingir a alma da pessoa, só tem um caminho – através da verdade, e não da pseudo verdade.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *